quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Clamídia


A clamídia é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pela bactéria Chlamydia.
Afeta os órgãos genitais masculinos ou femininos.
 
Assim como os Vírus e as rickettsias, a clamídia é um parasita intrecelular obrigatório.
Pode produzir esporos, o que torna sua disseminação mais fácil. A enfermidade causa dor durante a micção e pode ter como conseqüência a infertilidade. Clamídia é conhecida como uma doença "silenciosa" porque em torno de 3/4 das mulheres e metade dos homens infectados não apresentam sintomas.
 
Caso os sintomas apareçam, eles geralmente se manifestam entre 1-3 semanas depois da contaminação.
Nas mulheres a bactéria inicialmente infecta o cérvix e a uretra. Mulheres que apresentam sintomas podem ter secreções vaginais anormais e sensação de queimação ao urinar.
Quando a infecção se espalha do cérvix aos tubos de falópio algumas mulheres ainda podem não apresentar nenhum sintoma, outras têm dores no abdômen inferior e na parte de baixo das costas, náusea, febre, dor durante o sexo e sangramento entre os ciclos menstruais. Infecção de clamídia no cérvix pode se espalhar para o reto.
 
Homens com sintomas podem ter secreções no pênis ou sensação de queimação ao urinar. Homens também podem ter queimação e coceira ao redor da abertura do pênis.
Dor e inchaço nos testículos são incomuns. Homens ou mulheres que tiveram intercurso anal receptivo podem adquirir infecção de clamídia no reto, o que pode causar dor na região, secreções ou sangramento. Clamídia também pode acontecer na garganta de homens e mulheres que tiveram sexo oral com parceiros infectados.
 
Clamídia pode ser facilmente tratada e curada com antibióticos.
Todos os parceiros sexuais devem ser avaliados, testados e tratados. Pessoas com clamídia devem abster-se de intercurso sexual até que elas e seus parceiros sexuais estejam completamente curados, do contrário a infecção pode ocorrer novamente.
Ter múltiplas infecções de clamídia pode colocar a mulher sob alto risco de complicações reprodutivas, incluindo infertilidade.
A clamídia é também a responsável por um tipo de doença reumática, a Síndrome de Reiter, que cursa com artrite reativa assimétrica, afectando geralmente as grandes articulações, no paciente com uretrite ou conjuntivite, e pelo aparecimento de balanite circinada (lesões em volta da glande do pênis no homem e da vulva na mulher) e queratodermia (lesões descamativas na palma das mãos e planta dos pés). Deve-se suspeitar sempre que houver artrite em pessoas jovens.


Nenhum comentário:

Postar um comentário