quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A depilação íntima masculina


A depilação íntima masculina deixou de ser um tabu, passou a época de que pelos significavam masculinidade. Cada vez mais o homem está preocupado com a higiene do pau, e aparar ou depilar totalmente os pentelhos ajuda a combater o mau cheiro que geralmente fica na região da “mata atlântica”. A preferência varia entre os homens, alguns gostam de deixar o pau aparado, outros, totalmente careca.
A Philips lançou nos últimos anos um depilador masculino que se chama Bodygroom, muito útil para nós homens, vale muito a pena pra quem quiser desembolsar uma graninha.
Já existem estabelecimentos especializados em depilação íntima masculina que fazem um serviço completo, depilando o saco, região púbica e até a região anal, mas como a maioria dos homens ainda morre de vergonha em ver alguém mexendo perto do precioso, o blog Volume na Cueca vai passar algumas dicas para você fazer o serviço em casa mesmo, deixando a sua preferência na escolha do penteado. Vale lembrar que paus aparados ou depilados dão à impressão de serem maiores.

Com bastante CUIDADO, apare os pelos púbicos e do saco com uma tesoura. Corte-os no comprimento que preferir. Mas lembre-se que a região do pau é muito sensível, é muito importante ter um imenso cuidado para não se cortar. Pronto, seu pau já está aparado e com uma imagem muito melhor, não acha?

Agora, se você quiser deixar na “máquina zero”, seguem as dicas:

- Com a tesoura, corte os pêlos púbicos o mais curto possível.
- Com um banho quente, molhe a região a ser depilada, isso ajuda a amaciar os pelos e abrir os poros, deixando mais fácil para a depilação e também para proteção de futuras irritações.
- Espalhe creme de barbear próprio para pele sensível, evite cremes com mentol ou outras substâncias que possam irritar a pele.
- Usando uma lâmina nova, corte os pelos com movimentos suaves e delicados. Na maioria dos homens, o pelo entre a zona do estômago e a zona do pau, cresce na vertical. Puxe o pau para baixo, depile com movimentos ascendentes da base do pau em direção ao umbigo. Segurando o pau para o lado, depile na parte próxima do pau e do saco. Segurando o pau para cima, depile até à zona baixa do saco. A área do saco é extremamente fácil de depilar, se a pele estiver esticada, mas lembre-se de depilar com muito cuidado. Não use sabonete na área depilada durante umas 24 horas. Após o banho use um creme pós-depilatório ou talco na região. JAMAIS USE PRODUTOS QUE CONTENHAM ALCOOL.


Importante:
- É mais fácil fazer a depilação se o pau estiver duro, pois a pele fica mais esticada.
- Repare na direção do crescimento do pelo, a última passagem da lâmina deve ser na direção oposta ao crescimento. Evite passar a lâmina mais de duas vezes na mesma área.
- Saiba que é normal acontecer alguma irritação quando o pelo volta a crescer, provocando alguma coceira, mas depois de ter feito a depilação diversas vezes, o corpo habitua-se e esta coceira desaparece.
- Não se depile antes de fazer exercícios. Não só o suor pode irritar a área, mas também o movimento de fricção na pele.
- É possível que depois da depilação apareçam algumas bolinhas dolorosas e inflamadas, essas podem ser apenas pelos encravados, nada preocupante, mas se a cicatrização demorar, deve ser consultado um médico para evitar possíveis infecções. A formação de bolinhas pode ser evitada com uso de buchas nos banhos seguintes, pois fornecem uma suave esfoliação.

Um pau depilado ou aparado fica muito mais atrativo para a prática do sexo oral, sua(eu) parceira(o) vai agradecer, pois não vai ficar com aquela incômoda ação de tirar os pentelhos da boca.
Outra grande vantagem é a diminuição daquele odor que fica entre os pentelhos depois de grandes horas sem banho, o suor e pingos de urina costumam acumular nessa região.

Mas pra quem gosta de deixar os pelos ao natural é muito importante que tenha uma ótima higiene no local. Na hora do banho é preciso massagear bem os pelos púbicos com muita água e sabonete, ou shampoo se prefirir.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Eu prefiro só aparar mesmo e deixar os pelos dar um toque mais rustico.

    ResponderExcluir