sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

A gárgula do vade retro

Uma das gárgulas mais controversas de que se tem notícia está na Catedral de Freiburg Münster, na Alemanha.
Ao invés de cuspir água pela boca, a escultura proporciona o escoamento pelo ânus.
A peculiaridade nos faz pensar:
(1) a gárgula estaria nessa posição comprometedora com a intenção de expulsar de forma mais explícita o “mal” para fora da igreja?
ou (2) seria uma vingança do escultor pelo atraso no pagamento dos serviços?

Decida você mesmo:




“Durante il medioevo gli elementi mostruosi e bizzarri trionfano. Da una parte c’è un ritorno all’antichità, ai temi eroici e mitici e alla tradizione mostruosa esotica dei testi greci. C’è anche la tradizione cristiana che ha generato i mostri terribili che incutono il timor di Dio.”


gárgula. [do francês gargouille; do latim gurgulio] 1. ‘garganta’. 2. parte final de calhas, esculpida geralmente na forma de figuras grotescas, com função de escoar água para longe das paredes.


fonte:ideiasbizarras

Um comentário: