sábado, 18 de agosto de 2012

Contos eróticos: descabelando o palhaço.



O conto começa assim....

O dia fora exaustivo, algumas clientes cheias de dúvidas, alguns clientes cheios de malandragens e o Pedro não agüentava mais a pressão, estava a ponto de estourar. No terminal urbano foi outra loucura, as pessoas não gostam de fazer filas, então furam todas as que são feitas na ansiedade de se incentivar  a educação.
                Ao chegar a casa, ouviu o barulho do chuveiro, abriu a porta, jogou sua mochila sobre a poltrona e seguiu para a porta do banheiro. Ao abrir deparou-se com uma cena que o deixou atordoado...
                Sua esposa estava sob a água, nua, ensaboada e ofereceu um sorriso maravilhoso, rindo a ela, sem falar nada entrou de roupas e meias, beijaram-se longamente e ela recebeu suas mãos e dedos a descobrirem cada segredo de suas curvas.
                Enquanto sua boca sugava seus mamilos que apontavam naqueles seios fartos, seu polegar e seu indicador a penetravam...
quer ler mais? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário