sábado, 18 de agosto de 2012

contos eróticos: A EMPREGADA NA MINHA CAMA...

                                                                  De Rutilla Mountfort.
           Quando menino meus pais mantinham uma moçoila em nossa casa, por mísero salário, era o que se podia pagar pois se a mantínhamos era pela necessidade de minha mãe doente, mesmo sendo nossa doméstica era aceita como que na sua casa, era já da família.
Minha mãe doente já dormia naquele sábado de friozinho gostoso, aquele frio em que jogamos uma colcha sobre o corpo, sentado na poltrona e de pernas esticadas a tomar chocolate quente assistindo TV.
                E esta noite estava assim, eu de um lado e a moça do outro, os pés apoiados na mesma cadeira e a mesma coberta assistindo a filme de terror. Meus pés sentiam o medo de hora em hora dos sustos da telinha, meus treze anos de pinto pequeno ainda um protótipo do que sonharia ser, mas de muita safadeza... Aproveitava os saltos e acariciava as pernas que acabaram em breve retribuindo o mesmo gesto, foi quando começou o enredo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário