quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Dependência do Alcoolismo

Dependência do Alcoolismo

Álcool gera sensação de prazer, por isso vicia

Por Minha Vida - publicado em 19/07/2007

Dependência
O álcool age em vários neurotransmissores do cérebro dando uma sensação de prazer. A pessoa bebe porque isso lhe dá um tremendo bem-estar. E quando pára de beber, sente falta daquela sensação. Por isso bebe novamente. Além disso, o álcool gera tolerância e dependência. A tolerância é o aumento da dose para surtir o mesmo efeito: ou seja, se antes a pessoa ficava alegre com uma cervejinha, passa a precisar de duas ou três... e assim gradativamente. Em geral, todos acreditam ter controle sobre os próprios goles, sem se dar conta que não conseguem parar por conta própria.

O que causa abuso e dependência do álcool?


Os médicos não sabem afirmar com exatidão as causas do alcoolismo, nem porque algumas pessoas bebem e se tornam alcoólatras, enquanto o mesmo não acontece com muitas outras. Ainda assim, especialistas no assunto acreditam que o alcoolismo pode ser passado entre gerações e, portanto, tem uma explicação genética. Acredita-se também que aspectos culturais interfiram no aparecimento do problema.

Fazer parte de um grupo no qual as pessoas bebem muito ou então ter problemas psicológicos pode aumentar as chances de desenvolver o alcoolismo.Estar viciado em álcool não é um sinal de fraqueza ou de perda da força de vontade. O alcoolismo é uma doença como asma ou diabetes, de longo prazo, e que precisa ser tratada.

Abuso do álcool
Uma pessoa abusa do álcool quando:

Tem problemas para trabalhar, ir à escola ou em casa por causa da bebida ou por estar de ressaca
Coloca-se em situações nas quais poderia se machucar ou machucar alguém por ter bebido demais (dirigir bêbado, por exemplo)
Continua bebendo mesmo depois de ter problemas com a lei e ter causado situações embaraçosas para família e amigos

Nenhum comentário:

Postar um comentário