terça-feira, 7 de agosto de 2012

Sindrome de Hinmann

Bexiga pseudo-neurogénica ou sindrome de Hinmann

Algumas perturbações do foro psicológico podem levar a uma alteração grave do funcionamento da bexiga, com dissinergia vesico-esfinctérica tão grave que pode parecer existirem alterações orgânicas do sistema nervoso. A bexiga comporta-se como uma bexiga neurogénica espástica, sem qualquer outro sinal de perturbação neurológica.
Na realidade não há lesões orgânicas, mas sim perturbações funcionais. Estas têm de ser identificadas e tratadas de forma muito agressiva com medicação dirigida a um relaxamento da bexiga e dos esfíncteres vesicais, com acompanhamento psicológico intensivo e, por vezes, com medicação psiquiátrica. É um tratamento que exige uma equipa médico-cirúrgica especializada.
São situações muito complexas, graves e de muito difícil tratamento médico. Por vezes é necessário avançar com soluções cirúrgicas idênticas às utilizadas no tratamento das bexigas neurogénicas (resultantes de lesões do sistema nervoso) (ver secção correspondente).
Caso não se proceda desse modo,
o refluxo vesico-ureteral ou a obstrução uretero-vesical podem conduzir muito rapidamente a uma insuficiência renal crónica e terminal.
Felizmente, estas situações extremas são pouco frequentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário