sexta-feira, 10 de agosto de 2012

TAMANHO E DIÂMETRO DO PÊNIS

TAMANHO DO PÊNIS E ATROFIA DO PÊNIS 
O que se observa na prática diária dos consultórios médicos é que a grande maioria dos pacientes com queixas de pênis pequeno apresenta-se com o órgão dentro das medidas tidas como normais para o homem adulto.  É muito comum o homem desejar ter um pênis ainda maior do que tem.
As médias registradas para o homem adulto são de 8,5 a 9,4 cm em flacidez e de 12,9 a 14,1 cm em ereção. As variações assinaladas decorrem das técnicas de medição utilizadas.  Da flacidez para a ereção, o pênis aumenta em média 4,5 cm em seu comprimento. (Da Ross C. Teloken C et al Caucasian pênis: what is normal size?  J Urol, 1994: 151 part 2:323A, abstract 381).
Em alguns casos, a obesidade cobre parcialmente o pênis ou, em pessoas altas, o pênis "parece" pequeno. O micro pênis adulto normalmente não atinge mais de 4 cm em flacidez ou 7,5 cm em ereção. Aí sim poderia haver uma necessidade de correção cirúrgica. A correção cirúrgica também pode ser indicada nos casos onde houver grande encurtamento devido à Síndrome de Peyronie, amputação parcial, defeitos traumáticos etc. (I Consenso Brasileiro de Disfunção Erétil)
Alguns pacientes que se submeteram à postectomia, com retirada excessiva do prepúcio e da pele peniana, também poder apresentar seu órgão genital com aspecto inadequado.
Cirurgias para o alongamento e engrossamento de pênis considerados dentro da normalidade estão descartadas mundialmente até o momento. Somente poderão ser indicadas cirurgias em situações extremamente especiais tais como casos comprovados de micro pênis, retrações excessivas devido à doença de Peyronie, amputação parcial ou retração peniana, em pacientes com lesão medular, com a finalidade de facilitar a implantação de próteses e coletores urinários penianos (II Consenso Brasileiro de D.E).

Nenhum comentário:

Postar um comentário