sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

A causa da minha candidíase vaginal (ou peniana) recorrente pode ser a candidíase intestinal?



Esta é uma pergunta frequente e é um assunto muito mal compreendido! Sim!!! Crises esporádicas de candidíase vaginal ou peniana podem ter as mais variadas causas, porém se a pessoa apresenta crises recorrentes (crônicas) a doença não está em seus órgãos sexuais, mas sim em seu trato digestivo (muitas vezes em todo o aparelho digestivo, não somente nos intestinos).
O que confunde muita gente é que nem sempre quem tem candidíase intestinal apresenta sintomas digestivos óbvios como constipação, gases, flatulência, entre outros. Os sintomas geralmente passam despercebidos pela maioria das pessoas que mal prestam atenção em seus próprios corpos. Falta de atenção, memória fraca, insônia, dores musculares, cabelos fracos, erupções cutâneas, cansaço sem razão aparente, todos estes sintomas podem mascarar uma candidíase intestinal, também chamada de sistêmica, pois atinge o corpo como um todo.
Quando a candidíase é apenas local, ela vem e vai rapidamente, geralmente tendo como causa uma transmissão sexual, uma queda brusca nas defesas do corpo causadas por antibióticos ou outros remédios, cirurgias, etc.
Candidíase Intestinal
Quando a candidíase não vai embora entretanto, suas raízes estão muito mais profundas no corpo do que se pode ver e sentir através de suas “explosões” como no caso de uma crise vaginal ou peniana e portanto deve ser tratada como tal.
Continuar tratando crises vaginais por exemplo com pomadinhas e antibióticos além de provocar a resistência do fungo, criando lentamente uma “super cândida”, não trata da doença que está dentro de você, e que certamente se beneficiará da baixa imunidade causada pelo antibiótico!

ARTIGOS RELACIONADOS:
- A Candidíase no homem

- Qual o método utilizado para curar a candidíase sem remédios?
- A causa da minha candidíase vaginal (ou peniana) recorrente pode ser a candidíase intestinal?
-Candidíase tem alguma relação com a fibromialgia?


Comentários e perguntas são bem vindos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário